Quadros elétricos - cuidados e recomendações

Os quadros elétricos e as recomendações de segurança e o seguimento das Normas Técnicas.
 
Quadro de distribuição pode garantir a segurança do circuito elétrico
 

​        Para isso, é importante que toda instalação elétrica seja dividida em vários circuitos, e cada um deles deve ser concebido de forma a poder ser seccionado sem risco de realimentação inadvertida.

        Nas instalações elétricas, o quadro de distribuição é o componente responsável por abrigar um ou mais dispositivos de proteção (e/ou de manobra) e a conexão de condutores elétricos interligados a estes elementos, com a finalidade de distribuir a energia aos diversos circuitos da edificação. “É de grande importância que toda instalação elétrica seja dividida em vários circuitos, devendo cada um deles ser concebido de forma a poder ser seccionado sem risco de realimentação inadvertida”

       Os quadros podem ser separados em alguns tipos: terminais, circuitos alimentadores e os de distribuição. “Os quadros terminais são aqueles que alimentam exclusivamente circuitos terminais. Já os de distribuição, são os quadros de onde partem um ou mais circuitos alimentadores ou terminais”, lembrando que os circuitos alimentadores têm origem em uma fonte de energia (rede pública, transformador ou gerador) ou em um quadro de distribuição e alimentam um ou mais quadros. “Esses circuitos podem ser monofásicos, bifásicos ou trifásicos”.

ABNT NBR 5410/2004

​        Os circuitos terminais devem ser projetados sem serem sobrecarregados, pois a elevada potência resulta na necessidade de condutores de maior seção nominal, o que dificulta a execução da instalação dos fios nos eletrodutos e as ligações aos terminais dos aparelhos de utilização (interruptores, tomadas e luminárias). “Para evitar isto, é usual, recomendado e também normativamente necessário (item 4.2.5.1, 4.2.5.3 e 9.5.3.1 da NBR 5410/2004), prever mais de um circuito de iluminação e tomadas de uso geral, de tal forma que a seção nominal dos fios não fique maior que 4 mm²”, assim como para tomadas/pontos de uso específico. Essa divisão em circuitos terminais facilita a operação e manutenção da instalação, visa segurança evitando falhas, conservação de energia, além de reduzir a interferência entre os pontos de utilização.

          É recomendado prever espaço de reserva para possíveis ampliações futuras (item 4.2.5.4 da NBR 5410/2004), com base no número de circuitos que o quadro for efetivamente equipado, conforme indicado em tabela da norma ABNT NBR 5410 — Instalações elétricas de baixa tensão.

          Na divisão de cargas consideradas pela concepção do projeto, para quando designado o nível de tensão de fornecimento como bifásicas (duas fases) ou trifásicas (3 fases), deve-se obter o melhor equilíbrio de cargas possível entre as fases.

 Manutenção elétrica e cuidados
  • Não trocar os disjuntores por outros de capacidade de corrente (amperagem) maior, pois tal atitude pode provocar danos na instalação;

  • Não trocar os disjuntores por outros de capacidade de corrente (amperagem) maior, sem trocar também a fiação, dependendo da carga/equipamento a ser instalado;

  • A manutenção das instalações elétricas deve ser executada com os circuitos desenergizados (disjuntores desligados);

  • Permitir somente que profissionais habilitados tenham acesso às instalações e equipamentos. Isso evitará curto circuito, choque etc.;

  • Sempre que for executada manutenção nas instalações, como troca de lâmpadas, limpeza e reapertos dos componentes, desligar os disjuntores correspondentes;

  • Reapertar a cada 6 meses todas as conexões do Quadro de Distribuição;

  • Testar a cada 6 (seis) meses o disjuntor  e/ou dispositivo tipo DR apertando o botão localizado no próprio dispositivo. Ao apertar o botão, a energia será cortada e voltará após alguns segundos. Caso isso não ocorra, trocar o DR; 

 

Parte da instalação não funciona:

  • Verificar no quadro de distribuição, se o disjuntor daquele circuito não está desligado. Em caso afirmativo religá-lo;

          Se ao religá-lo ele voltar a desarmar, solicite a assistência de um técnico habilitado, pois duas possibilidades ocorrem:

               - o disjuntor está com defeito e deverá ser substituído por outro;

               - existe algum curto-circuito na instalação e será necessário reparo.

Disjuntores do quadro de distribuição desarmando com freqüência:
  •  verificar se existe algum mau contato elétrico (conexões frouxas) que são sempre fonte de calor, e que afeta a capacidade dos disjuntores. Neste caso, um simples reaperto nas conexões resolverá o problema;

  • outra possibilidade é que o circuito esteja sobrecarregado com instalação de novas cargas, cujas características de potência são superiores às previstas no projeto. Tal fato deve ser rigorosamente evitado;

  • verificar se não existe nenhum aparelho conectado ao circuito em questão, com problema de isolamento ou mau contato que possa causar fuga de corrente.

  • superaquecimento no quadro de distribuição:

           - verificar se existem conexões frouxas e reapertá-las;

           - verificar se existe algum disjuntor com aquecimento acima do normal. Isto pode ser provocado por mau contato interno do disjuntor devendo o                     mesmo ser imediatamente desligado e substituído.

        Atenção

        Nunca permitir que pessoas não habilitadas manuseiem o quadro elétrico.

03 Mar 2018

Saiba quais os cuidados que você deve ter com o quadro de luz.

O especialista Engº Eletricista Hilton Moreno fala sobre o assunto.

Please reload

        Cuidados com o quadro elétrico - Matéria do "É de Casa"

        Assista a matéria sobre cuidados com o quadro elétrico exibido dia 03 de Março de 2018 na Globo.

        Cuidados com o quadro elétrico e instalações - Matéria do "É de Casa"

        Assista a matéria sobre dicas sobre cuidados com as instalações elétricas exibido dia 20 de Junho de 2019 na Globo.

Especialista dá dicas sobre cuidados com as instalações elétricas em casa.

O especialista, engenheiro eletricista Hilton Moreno, dá dicas sobre cuidados com as instalações elétricas em casa para evitar acidentes e reduzir o gasto de energia.

Please reload

Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

REDE SOCIAIS

Entre em contato conosco

MAPA DO SITE

NOSSOS SERVIÇOS

CURTA NOSSA FANPAGE

IC Engenharia projetos elétricos e consultoria

IC Engenharia Projetos Elétricos e Consultoria

Sertãozinho-SP  

CONTATO

  • IC Engenharia Projetos Elétricos e Consultoria

       Tel: (16) 3947.5091

       e-mail: icengenharia@outlook.com 

           

  • Igor Ap. Capelo

       Tel: (16) 99243-6116

       e-mail: engigorcapelo@yahoo.com.br 

           

© Todos os direitos reservados IC Engenharia